segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Que Findi...

Pois é, que fim de semana...Aconteceu de tudo um pouco neste findi... Ah, antes de mais nada, não se assuste por eu estar escrevendo coisas do meu dia-a-dia. Sei que não costumo fazer deste blog um diário, aliás, esta nem é a função. Sempre escrevi aqui coisas ligadas á cultura, comportamento, história, dicas de viagens, etc...Mas hoje, bateu uma vontade tremenda de escrever este pequeno relato. Tudo começou, na verdade, semana passada... Tudo bem, começou há 3 anos...Mas antes que me perguntem alguma coisa, preciso dizer que a história - ou as histórias aqui contadas - serão de compreendimento somente de quem as viveu comigo, se é que me entendem...
Voltando, há 3 anos conheci alguém com quem venho mantendo um certo contato regular. Nos falamos via telefone, MSN, etc...mas nunca tínhamos nos visto, acreditem! Três longos anos sem conhecer pessoalmente alguém...E o mais curioso: morávamos na mesma cidade! Tudo, absolutamente tudo mudou no domingo passado, quando finalmente nos conhecemos...
Caramba, como é que pode? Três anos sem conhecer pessoalmente, mas, com a sensação de que já conhecia esta pessoa há anos...Tudo bem que tínhamos este contato regular, mas, é diferente de tudo que já vivi...
Depois do tão esperado encontro, a semana seguiu na base da troca de torpedos e muita, muita conversa no MSN, até que ontem voltamos a nos encontrar. Pra mim, foi a confirmação do que eu imaginava estar acontecendo desde a semana passada: calma, não estou dizendo que estou apaixonado, porém, existe uma forte possibilidade de isso acontecer...Para a pessoa em questão, uma série de incertezas, dúvidas e questionamentos que não vem ao caso agora.
Passamos a noite juntos, conversando e tentando entender o que está acontecendo entre a gente, maior papo cabeça, hehehe!
Se ficamos juntos? Sim, ficamos...E foi verdadeiramente muito bom. Pra ambos...
Se vamos voltar a ficar juntos? Não posso dizer que sim nem que não, porque isso não depende só de mim, mas, pela intensidade de como as coisas estão acontecendo, tudo leva a crer que sim, apesar dos obstáculos que temos pelo caminho...
Hoje, após o trabalho, vim pensando no que tinha acontecido na noite de ontem. Me senti mega feliz com o acontecido. É meio surreal: em três anos não havia tanto sentimento como este que se criou em apenas uma semana...Incrível.
Diante de tudo isso eu pensei em uma série de coisas para escrever aqui, mas apenas uma coisa me vem á mente, uma pergunta que ronda á todos, incansavelmente: onde está a felicidade?
Muita gente procura a felicidade em uma casa nova, em um carro novo, em uma conta recheada no banco, em viajar, em freqüentar lugares badalados, em ter o tênis da moda, sei lá...Não estou julgando ninguém, cada um procura a felicidade naquilo que lhe convém, mas a felicidade , pra mim, é algo mais do que um simples estado de espírito e está presente nas pequenas coisas...
Por exemplo: hoje, após vir do trabalho, tive que arrumar a casa, passar roupa ( sim, passar roupa!), fazer almoço, limpar a geladeira, pois já havia um casal de pingüins morando nela, lavar a louça, atender minha irmã e, ufa! Quando pensei que iria finalmente descansar, minha pia apresenta um vazamento e fico horas tentando resolver: ficar indignado com a vida? Até poderia...Mas, depois do que vivi ontem, nada consegue me tirar o bom humor e a vontade de viver mais!
Então, o que quero dizer é que a felicidade pode estar em pequenas coisas: não sei se o que aconteceu ontem voltará a se repetir, mas eu me permiti a viver aqueles minutos, com aquela pessoa que parecia estar tão distante e que, de uma semana pra outra se tornou muito, muito próxima...

Viva la vida!

(prometo voltar com este assunto)




2 comentários:

Denisson disse...

É bem comum ver palavras como essas vindo de uma pessoa com o coração tão bom como o peter...
Há pouco tempo, tentei postar algo parecido com isso... mas acho que faltavam alguns complementos, como, falar do meu grande amigo. Concordo muito com a idéia de que devemos viver intensamente os momentos de nossa vida,seja com amigos, seja com namorada, seja com a pessoa que estamos apaixonado e ainda não resolvemos nada, porém, dividimos um momento importante, lembrando que nenhuma riqueza material compra nossa felicidade. A alegria do nosso coração é algo que não tem preço...

"Viver... e não ter a vergonha de ser feliz..."

Rafael Kenai disse...

É, vou te dizer que concordo que a felicidade está nas pequenas coisas e não nos bens materiais.. Mas eu que ja possuo felicidade no amor e certa realização pessoal, não ficaria nada triste em ter a falsa felicidade de ter uma casa, um carro, um tenis de marca e etc.. HEUIAHEI. Afinal essas conquistas fazem parte da minha realização pessoal.

Mas fico muito feliz em poder ver meu grande irmão tão feliz e realizado. E desejo tudo de bom tanto no lado emocional quanto proficional.

Abração